---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Corupá terá horário especial para facilitar a vacinação

Publicado em 22/04/2019 às 14:41 - Atualizado em 22/04/2019 às 14:41

Horário especial facilita vacinação
Créditos: Ascom/PMC Baixar Imagem

O ESF-4, NA VILA RUTZEN, FARÁ PLANTÃO PARA VACINAÇÃO

 

Visando aumentar a adesão de pessoas às campanhas de vacinação, tanto contra a febre amarela quanto contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde de Corupá estenderá o atendimento do ESF-4, na Vila Rutzen, na próxima segunda-feira(29), até as 20h.

Febre Amarela

Com o segundo caso registrado de morte causada pela doença em Santa Catarina, todo o cuidado é pouco e a recomendação é que seja tomada a vacina. Quem já tomou uma dose da vacina não precisa tomar novamente. Para as pessoas com mais de 60 anos, a vacina é aplicada conforme recomendação médica.

 

Manifestação da doença

A febre amarela é uma doença infecciosa e não contagiosa que é transmitida às pessoas mediante a picada de insetos que se alimentam de sangue. As manifestações iniciais da doença são: febre alta de início súbito, sensação de mal-estar, dor de cabeça, dor muscular, cansaço, calafrios, náuseas e vômitos. Quando a doença evolui para a forma grave, há um aumento da febre, diarreia, reaparecimento dos vômitos, dor abdominal, icterícia (olhos amarelados, semelhante à hepatite), manifestações hemorrágicas (equimoses, sangramentos no nariz e gengivas) e ocorre funcionamento inadequado de órgãos vitais como fígado e rins. A única forma de evitar a febre amarela silvestre é a vacinação contra a doença.

 

Gripe

Mesmo com o início tendo ocorrido no último dia 10 em todo o Brasil, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza já está merecendo atenção para diminuir o impacto da doença na época mais fria do ano. Mesmo com o Dia D marcado para acontecer no dia 5 de maio, um sábado, a vacina estará sendo aplicada também no plantão do ESF-4, na segunda-feira(29) até as 20h.

Em Corupá a meta é imunizar 4.625 pessoas que se enquadram como público-alvo da campanha:  crianças de 6 meses a 5 anos; gestantes e puérperas; maiores de 60 anos; profissionais da saúde; pessoas de qualquer idade com doenças crônicas (diabetes, doenças cardíacas e respiratórias, distúrbios que comprometem a imunidade, como o câncer, e outras); população indígena; pessoas privadas de liberdade; professores da rede pública e privada; e trabalhadores do sistema prisional.

 

Não se esqueça: segunda-feira, dia 29 de abril, no ESF-4 (Postinho da Vila) até as 20 horas.

 

Proteja-se, receba a vacina !